A POSIÇÃO DO ALVO NA INFLUÊNCIA DO MOVIMENTO OCULAR EM TAREFAS DE PESQUISA NAVEGACIONAL E INFORMATIVA

  • José Vasconcelos-Raposo Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, INESC TEC
  • Carla M. Teixeira Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • Cátia Alves Performance Psych Lab
  • Helena Lopes Performance Psych Lab.
  • Marcia Mendes Performance Psych Lab
  • Paula Andrade Performance Psych Lab
  • Miguel Melo INESC TEC - MASSIVE Lab

Resumo





O objetivo principal do deste estudo consiste em perceber de que forma a posição do alvo influencia o movimento ocular nas tarefas navegacional e informativa. O estudo integrou uma amostra de 20 estudantes universitários, 13 do sexo feminino e 7 do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 18 e os 44 anos, de uma Universidade. Os participantes responderam a um questionário sociodemográfico e realizaram duas tarefas, uma navegacional e outra informativa. Foram realizadas combinações lineares, através do teste da MANOVA (2x2), de variáveis dependentes que maximizam as diferenças entre várias condições das variáveis independentes. Concluímos que a posição do alvo na tarefa navegacional influencia de forma significativa o movimento ocular dos estudantes universitários e a posição do individuo influencia o movimento ocular em ambas as tarefas, navegacional e informativa.





Publicado
Set 8, 2017
Como citar
VASCONCELOS-RAPOSO, José et al. A POSIÇÃO DO ALVO NA INFLUÊNCIA DO MOVIMENTO OCULAR EM TAREFAS DE PESQUISA NAVEGACIONAL E INFORMATIVA. PsychTech & Health Journal, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 14-20, set. 2017. ISSN 2184-1004. Disponível em: <http://psychtech-journal.com/index.php/psychtech/article/view/psychtech-v1n1a02-2017>. Acesso em: 24 fev. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.26580/PTHJ.art2-2017.
Secção
Psicologia